quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

#ConexãoLiterária

É um projeto que está reunindo autores nacionais de todo o país.

Não há limites para o que se pode fazer quando, juntos, buscamos o melhor para o coletivo.

É com esse espírito cooperativo que se formou a ideia que mesmo que tenha foco nos autores nacionais de fora do Eixo Rio/São Paulo, não vai dividir e sim somar.

Para ajudar na divulgação criando oportunidades sem discriminar, o projeto vai se inspirar na maior dificuldade dos autores que estão fora do Eixo Rio/São Paulo, de conseguir publicar seus livros, e reunir inúmeros talentos para se unir em uma causa: o incentivo a leitura de obras nacionais.

Porque mesmo quando os autores conseguem publicar suas histórias, também acabam encontrando dificuldade em divulgar seus trabalhos, já que fica difícil participar de eventos literários, por não serem moradores do Rio ou São Paulo.

Assim muita boas publicações acabam passando despercebidas. Sem contar a gama de ótimas obras que foram lançadas nos últimos anos em eBook, graças ao Amazon Brasil, e não conseguem o devido destaque entre os atuais leitores de publicações digitais.

Para isso, a #ConexãoLiterária está reunindo não só nomes entre os novos talentos da atual literatura brasileira, mas veículos que apoiam os nacionais, como os portais Tabula Rasa e Ju Lund, os primeiros a abraçar a ideia. Porém sem deixar de mencionar aqueles veículos que eventualmente abrem espaço em apoio aos trabalho dos autores brasileiros, seja em ações físicas em evento, como o realizado pelo pessoal do Cinema em Série, ou no universo digital, como o jornal online O Estado RJ que sempre abre espaço para matérias sobre autores e eventos dos mais variados, com participação de nacionais.

Já que o principal objetivo do projeto é a união, além da divulgação de vários eventos realizados nas duas capitais, eventos fora do Eixo Rio e São Paulo não só serão divulgados como incentivados, como os recentes Feira de Literatura Fantástica (Niterói, RJ) e o aniversário da Biblioteca Municipal Joaquim Manuel de Macedo (Itaboraí, RJ) com a participação da escritora Ana Lúcia Merege, Poços Comic Cons 2018 (Poços de Caldas, MG) com a participação do escritor e desenhista Kampos e Anime Guarulhos Férias (Guarulhos, SP) com o escritor Eduardo Kasse.

No entanto, a ideia não ficar só em divulgar os autores nacionais, mas editora fora do Eixo Rio e São Paulo, como a AVEC do Rio Grande do Sul, e também editoras menores das duas grande capitais culturais brasileiras, como a Linhas Tortas (Rio de Janeiro) e a Draco (São Paulo).

Editoras que fazem um trabalho vanguardista junto aos autores nacionais. Buscando sempre destacar, sem discriminar, inspirando a boa e atual literatura brasileira. Muito vezes fazendo um trabalho de divulgação e incentivo a leitura de obras nacionais muito melhores que as grandes editoras, mesmo sendo pequenas e com certas limitações, em relação as grandes. Porém a determinação não impede o fantástico trabalho em mostrar que a literatura brasileira não parou no tempo e nem é limitada a apenas duas cidades desse nosso grandioso país. Mostrando que grandes histórias não são limitadas a estereótipos ultrapassados ou a poucos temas e conteúdos. Há beleza em histórias que narrar aventuras bem humoradas, fantasias encantadoras e ficção científica inspiradoras. O limite está apenas nas mentes criativas desses talentos da nossa nova literatura. Só que para isso eles precisam ser conhecidos e lidos.

(CLICAR PARA AMPLIAR.)

Um comentário: